sábado, 28 de setembro de 2013

BRUMAS DE UM AMOR



BRUMAS DE UM AMOR

POR BTSE



Meus olhos ávidos por te querer,

Perdem-se por infinitos minutos

Em teu corpo.



Minhas mãos de ti desejosas,

Traçam em suaves toques

A curvilínea de seu corpo.



Que me fez crer que este momento

Deliciosamente vivenciado,

Não é um sonho.



E, sim um presságio do que vivenciarei,

Quando minhas mãos,

Os meus olhos,

Os meus lábios,

O meu corpo

E a minha alma se entregarem

Infinitamente a você.



Nesse momento as horas,

Os segundos não existirão.



Não haverá dia,

Ou noite.



Só existirá a explosão

Do nosso amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário